Todos nós temos lembranças de haver participado em eventos com amigos ou família. Talvez algum jogo de futebol ou um circo quando criança. Essas emocionantes memórias  permanecem conosco ao longo de nossas vidas. No entanto, o problema que encontramos atualmente é que ir, com muita frequência, a esses eventos não é tão bom. Estamos tão acostumados com as experiências digitais instantâneas, sob demanda e personalizadas, que comparecer a locais fisicamente pode ser uma grande decepção.

Não se trata somente sobre mudar as expectativas. Muitos estabelecimentos não puderam acompanhar esta evolução e investir em novas experiências. Os dados coletados pela YouGov demonstram isso:  59% dos americanos afirmam preferir assistir a esportes na TV do que ir ao estádio. E quem pode culpá-los – esperar horas para estacionar o carro, depois esperar na fila para comprar comida, e a única maneira de estar mais perto da jogada inédita é assistindo ao replay da ação projetada em uma tela grande. 

Em Globant, acreditamos que é hora de mudar esta visão. Consideramos que cada marca deve focar na criação de memórias duradouras. Por esta razão, no nosso último Sentinel Report, “Criar memórias agora é sua marca”, exploramos como as organizações podem reinventar seus locais físicos usando as atuais tecnologias e como fornecer melhores experiências (mais contínuas e mais sustentáveis).

Identificamos os quatro principais recursos de um “smart venue”: ser Sem atrito, que invoque Magia digital, que seja Orientado por dados e também, ser Seguro e sustentável. Oferecemos exemplos com base em nosso trabalho, que vão desde grandes estádios de futebol até ambientes da área de saúde. E o mais importante, dividimos o processo de criação de futuros locais, em cinco etapas simples.

Não demore – clique aqui para ler o relatório completo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>