Ao iniciarmos um novo ano, refletimos sobre o caminho que percorremos junto com nossos clientes e parceiros para promover o desenvolvimento sustentável. Foi um ano de progresso e esperamos dar novos passos para planejar um “bem comum maior” e um 2022 mais sustentável.

Leia nosso boletim informativo aqui.

Meça, reduza, compense…Três esforços simultâneos para reduzir a pegada de carbono

Você sabia que a Globant está trabalhando para se transformar em um agente de mudança? Desde 2011, quando começamos a medir nosso impacto ambiental, temos aprimorado a forma como medimos nossa pegada de carbono, nos desafiando a ser uma verdadeira empresa com emissões Net-Zero.

Desde 2020, passamos a operar com recursos 100% renováveis de eletricidade e, no final de 2021, nos tornamos neutros em carbono, e isso é apenas o começo. Alcançar essa meta só nos motivou a nos esforçar mais. Em 2022, levaremos a redução da pegada ambiental a um nível superior.

Comunique o desempenho em sustentabilidade sem greenwash

Na COP 26, vimos organizações em todo o mundo se unirem para alcançar resultados maiores do que poderiam por conta própria, com países, legisladores, investidores e ONGs pressionando os limites da ação climática. Qual é o papel das comunicações na aceleração da transição para um mundo sustentável? Como podemos evitar o risco de greenwashing?

Elena Morettini, Diretora do Estúdio de Negócios Sustentáveis da Globant, participou do debate sobre este tópico relevante, organizado pela COP 26 – Goals House e apresentado pelo Dr. Arlo Brady, CEO da freuds.

“Desempenhamos um papel ativo na comunicação. Estamos transmitindo o que fazemos por meio da tecnologia para práticas de sustentabilidade, por isso é particularmente importante que estejamos envolvidos até o final do que é comunicado ao público. É um belo artigo porque está baseado na ciência, é orientado por dados e é baseado no conhecimento, então você realmente quer ter certeza de que a comunicação que você está enviando para o público em geral é forte e seriamente baseada neste novo conceito”, explicou Elena Morettini.

Três líderes influentes a serem seguidos

1. Alice Aedy – Fotógrafa, cineasta e ativista cujo trabalho enfoca questões de justiça social, incluindo migração forçada, sustentabilidade da natureza e histórias de mulheres.

2. Jez Rose – Premiado produtor de abelhas, conservacionista e locutor conhecido por sua abordagem inovadora à sustentabilidade corporativa.

3. Julie Irigoyen – Diretora Executiva do Green Building Council do Reino Unido, em campanha pela construção de um ambiente sustentável.

A contribuição da Europa para o financiamento do clima

Desde 2013, a Europa foi a que mais multiplicou e recebeu fundos para ajudar os países em desenvolvimento a mitigar e se adaptar ao impacto das mudanças climáticas. Confira o gráfico do mês e descubra como as finanças sustentáveis cresceram nos últimos anos.

Saiba mais sobre as iniciativas de sustentabilidade mais relevantes deste mês e consulte nossa Agenda de Sustentabilidade em nosso Boletim Informativo.

Não perca nossa próxima publicação! Inscreva-se agora.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>